BAIXIOS      
(ao Ramos Horta)    

O Eternamente dos não dimensionados
que fedem vida branca nos baixios
e rolam... sós... mundo adentro, sem paixão,
na poli-ausência sensual
de ser padrão inevitável seja do que for...
paz, ausência, fome ou até dor...

... seja do que for ...

fica sempre na visão macabra
do pouco que é e quanto podia ser

- mas é mais que um ideal : É viver !