CADA VEZ ESTOU MAIS PERTO    

Passo a passo, hora a hora,
cada vez estou mais perto!
Em cada noite que velo,
de cada vez que desperto,
por cada minuto ido,
em cada sonho desfeito,
dia a dia, mês a mês,
em repouso e considero...
cada vez estou mais perto!
Em cada morte que vejo,
em cada flor que desfolho,
em cada livro que leio,
em cada amigo que perco,
felizmente reconheço:
cada vez estou mais perto!
Cada mulher que possuo,
cada orgasmo que se vai,
cada filme que se vê,
cada trabalho que acabo
me traz a mesma mensagem:
cada vez estou mais perto!
Não sei se vou se cheguei,
não sei se quero ou não quero...
não sei se tenho ou terei
o que sonho ou não desejo.
Não sei nada, quase nada,
que apenas é bom saber
que cada vez 'stou mais perto!
Não m'interessa ter amor,
não preciso de mulheres,
não quero carros p'ra nada,
nem tão pouco ter dinheiro...
o luxo não me seduz,
nem sonho com fantasias!
Vivo feliz porque sei
cada vez estar mais perto.
Cada cigarro que fumo,
cada bebida que bebo,
cada digestão que faço,
cada banho em que mergulho,
cada vez que me penteio...
o esforço d'horas no meio
dá-me a certeza de de andar
cada vez para mais perto...
por cada porta que passo,
em cada degrau que subo,
por cada café que bebo,
por cada disco que ouço,
por cada choque que passo
e cada euro que ganho,
repete-se a consciência
de cada vez 'star mais perto!
E não quero mais pensar,
que também tenho preguiça.
Não quero ter que lutar,
que já nem sequer preciso!
É minha toda a tristeza
de cada hora no mundo...
... nem mesmo esta solidão
jamais a paz me daria;
vivo apenas, e 'stou certo
que a morte há-de vir um dia
... e cada vez estou mais perto!...