PÁGINA DE IMPRENSA DE PEDRO LARANJEIRA 20 março 2009

A Free Zone tem o prazer de anunciar

NOVO LIVRO DE PEDRO LARANJEIRA

NÃO ME TIREM O ÚTERO !...

UM OLHAR DESASSOMBRADO

SOBRE A  MEDICINA NO FEMININO

PERDER OU NÃO PERDER O ÚTERO, EM QUALQUER IDADE

Depois da "pedrada no charco" que tem sido

"O ALENTEJANO QUE DESCOBRIU A AMÉRICA"

sobre a nacionalidade portuguesa de Cristóvão Colombo,

nova incursão polémica de um jornalista sem papas na língua

desta vez no campo intocável da  Medicina  e da  Ginecologia.

Um debruçar atento sobre porque é que em Portugal são operadas todos os anos mais de 4.000 mulheres que sofrem uma amputação irreversível, quando existe uma técnica que lhes permite curar a doença e continuar a ter filhos, sem operação, sem internamento hospitalar... e mais barata!

Apresentação em Lisboa, Sábado 28 de março, 16:30, Escola Superior de Tecnologia da Saúde, Parque das Nações

O título deste livro vem de uma frase repetida ao longo de cinco anos por uma doente portadora de fribromiomas, aos médicos que lhe queriam tirar o útero... até ter descoberto que não precisava.

Este e muitos outros testemunhos fazem parte um estudo atento de uma área pouco divulgada da medicina de intervenção, sobre um problema que aflige algumas centenas de milhares de portuguesas, atinge mais de um terço das mulheres em idade fértil e constitui um flagelo que habitualmente acaba com uma operação para remoção do útero, acompanhada em metade por casos pela extracção dos ovários, "para aproveitar a cirurgia", embora exista uma terapia que resolve o problema sem intervenção cirúrgica, sem internamento hospitalar, sem anestesia geral... por metade, ou menos, do custo.

Não se trata de uma "medicina alternativa", mas de medicina pura, no sentido convencional do termo, embora numa área em que as "comadres" parecem não se entender... torna-se aparente um diferendo grave entre a ginecologia e a radiologia de intervenção, onde o "superior interesse da doente" parece constituir um factor de segunda...

O livro descreve as várias formas de tratamento médico, estabelecendo estudos comparativos entre a histerectomia, a miomectomia e a embolização das artérias uterinas, oferecendo estatísticas, testemunhos e a avaliação de consequências e espectativas.

Paralelamente, revela-se a existência de um serviço hospitalar único em todo o mundo: a oferta de anestesia por acupunctura, isentando a paciente da ingestão desnecessária de drogas.

Profusamente ilustrado, o livro é construído de uma forma coloquial, sem a heremética terminologia médica, o que o torna acessível a todos os níveis de cultura do público leitor, permitindo, assim, que um tema que, de forma directa ou indirecta, afecta perto de um quarto da população portuguesa, possa chegar à opinião pública e lançar luz sobre uma aflição que tem comprometido a qualidade de vida e a hipótese de um futuro feliz a milhares de famílias.

A apresentação vai ser feita pelo próprio autor, em Lisboa, na Escola Superior de Tecnologia de Saúde, no Parque das Nações, Av. D. João II, lote 4.69.01 (junto ao Instituto Português da Juventude), no Sábado, 28 de março, às 16h30, num Congresso Médico Internacional que constitui o quarto encontro sobre embolização de fibromiomas uterinos.

Para além de especialistas de renome vindo de vários países, como Brasil, França, Holanda, Índia e Estados Unidos, bem como das equipas médicas que proporcionam este tratamento e a anestesia por acupunctura em Portugal, vão estar presentes mais de uma centena de mulheres que se submeteram a esta forma de terapia e estarão disponíveis para prestar os seus testemunhos à comunicação social.

O livro pode ser adquirido no local, logo após a apresentação, e estará nas livrarias na próxima semana.


DOWNLOAD DESTE COMUNICADO DE IMPRENSA

CLIQUE AQUI PARA ENCOMENDAR O LIVRO OU COMPRE ONLINE


© PEDRO LARANJEIRA
NOTICIADO

PESQUISA    NAS MINHAS PÁGINAS E NA WEB